Home > Assistência Social > São João Bosco e Bem-aventurada Maria Romero estão entre os patronos da JMJ 2019

São João Bosco e Bem-aventurada Maria Romero estão entre os patronos da JMJ 2019

em 01/01/1970

Fonte: Info ANS

logo

No dia 14 de maio, durante a Eucaristia presidida por Dom José Domingo Ulloa, Arcebispo da Cidade do Panamá, foi lançado o Logo oficial da JMJ do Panamá (22-27 de janeiro de 2019) e com ele os Patronos do Acontecimento, entre eles São João Bosco e a Bem-aventurada María Romero Meneses, Filha de Maria Auxiliadora (FMA).

“Os Jovens – disse o Prelado na homilia – são as reservas morais e humanas das nossas sociedades e da Igreja. Estão em condições de transformar tudo, positivamente, arriscando tudo, tal como fez a adolescente Maria de Nazaré: basta que sejamos capazes de lhes ensinar a amar, como Jesus Cristo o fez por nós”.

O Arcebispo apresentou em seguida o Logo oficial, que encerra uma representação icônica do istmo e do canal do Panamá, a Cruz da JMJ 2017, a silhueta da Virgem Maria com uma coroa formada por cinco pontos que representam os cinco continentes – elementos que unidos formam um coração.

Idealuzou o Logo a jovem, 20 anos, Ámbar Calvo, que já participou de várias edições da JMJ. O seu logo foi escolhido entre 103 propostas, no âmbito de um concurso iniciado em fevereiro.

Para o evento da JMJ foram indicados também alguns santos Patronos: entre eles estão são João Bosco e a Bem-aventurada María Romero Meneses, Filha de Maria Auxiliadora (FMA).

Note-se a tal respeito que “o Santo mais amado, mais querido e com a maior devoção no Panamá é São João Bosco” e que o dia da sua Festa, 31 de janeiro, é festa nacional. Exatamente por isso já faz alguns dias a Basílica de Dom Bosco conserva em seu interior, em capela especial e bem visível, uma Urna contendo uma Relíquia ‘Insisgne’ do Santo dos Jovens.

Entre os santos Patronos desse encontro mundial estão também São João Paulo II, são Juan Diego Cuauhtlatoatzin, são Martinho de Porres, Santa Rosa de Lima, o Bem-aventurado mártir Arcebispo Oscar Arnulfo Romero e são José Sánchez del Río.